Notícias


Crianças e adolescentes

Encontros foram organizados pelo Núcleo de Apoio e Acompanhamento para a Aprendizagem (NAAPA) em parceria com o projeto Canicas

Crianças e adolescentes

Na zona norte de São Paulo, escolas discutem culturas imigrantes

Encontros foram organizados pelo Núcleo de Apoio e Acompanhamento para a Aprendizagem (NAAPA) em parceria com o projeto Canicas

Escrito em 10 de Dezembro 2019 por
Fabio Ando Filho
Projeto Canicas

O Núcleo de Apoio e Acompanhamento para a Aprendizagem (NAAPA), da Diretoria Regional de Educação (DRE) Freguesia/Brasilândia, realizou entre os meses de Outubro e Novembro deste ano encontros itinerantes nas Escolas Municipais de Educação Infantil (EMEI’s), Doutor Enzo Da Silveira, Bombeiro José Robson de Araújo, Brigadeiro Eduardo Gomes e na DRE buscando a ampliação de conceitos e práticas pedagógicas diversas e inclusivas, a partir do reconhecimento da diferença e da pluralidade cultural do território da Freguesia.

Estudos temáticos sobre as populações excluídas historicamente, socialmente e culturalmente foi o foco para reafirmar o compromisso com a construção de uma escola de qualidade.

A ação ganhou forma com a parceria da Secretaria de Direitos Humanos, do projeto Canicas e do projeto Veredas. Tiveram atuação do Centro de Referência e Atendimento para imigrantes (CRAI-MÓVEL), ampliando as possibilidades de acolhimento, orientação e articulação da rede de proteção social no território.

Da
Secretaria Municipal de Educação

0 comentários

Projeto Canicas

Canicas são um brinquedo democrático, movido e coloridinho conhecido em toda América Latina sob várias denominações: burica, cachinas, bolinhas de gude e muitas mais. O Canicas e um projeto de prevencao e erradicacao do trabalho infantil migrante na industria textil em parceria com o Fundo Brasil de Direitos Humanos e a organização Presenca da America Latina - PAL.

CONHEÇA +

0 comentários

Você também vai gostar

Crianças e adolescentes
Lilia Melo

Em Belém, projeto usa arte para criar ponte entre comunidade e Estado

Opinião


Crianças e adolescentes
Maria Teresa Ferreira

Escolas precisam aprender a navegar em mundo pós-pandêmico

Opinião